#análise #previsão #surf #stand up paddle #bodyboarding #bodysurf #ciclone #surfguru 
Brasil

#SurfguruAvisou que Junho já começa dando onda

Equipe Surfguru

Novo swell de sul-sudoeste chega à costa brasileira, enquanto o litoral leste do país recebe potentes vagas de leste-sudeste

Aloha galera! O outono de 2021 tem sido diferenciado pela quantidade de ondulações e também pela qualidade delas. Nos últimos 20 dias, já foram três análises de ondulações potentes que quebraram principalmente no litoral Sul e Sudeste do país. E agora, viemos anunciar mais uma ondulação de sul-sudoeste chegando. 

A diferença dessa vez fica pela presença de vagas bem potentes chegando ao litoral leste brasleiro, do ES até PE. Com isso, os estados que recebem bem as ondas que vem de leste-sudeste também ficam na expectativa de receber ondas acima de 1,5m ao longo dos próximos dias.

Então vamos para a análise! 

A ondulação de sul é mais uma daquelas formadas por ciclones extratropicais no sul do continente, com a pista de vento se formando na costa da Patagônia Argentina. Além disso, o ciclone irá se afastar conforme os dias forem passando, sendo quinta-feira (03/06), o dia em que o vento irá soprar com mais intensidade no oceano. 

mapa barometrico do atlantico sul jun 2021  mapa de vento para o atlántico sul junho de 2021

Ciclone extratropical se formando no sul do continente americano. Podemos ver o mapa barométrico e de vento para o Atlântico Sul gerando ondulação de sul-sudoeste na quinta-feira (03/06).

mapa de altura das ondas no oceano  mapa de periodo

Ciclone gerará uma boa ondulação na sexta-feira (04/06) e a ondulação se propagando pelo oceano no sábado (05/06).

Já a ondulação de leste será formada devido à presença de uma zona de alta pressão no meio do Atlântico que deverá ficar estacionada por alguns dias (a partir deste fim de semana). Com isso, teremos uma pista de vento não tão longe da costa formando as vagas que chegarão ao litoral brasileiro.

mapa barométrico sábado 05/06 atlantico sul  mapa de vento do atlantico sul sábado 05/06

Zona de alta pressão estacionada no meio do oceano no sábado (05/06), gerando uma pista de vento moderada vinda de leste-sudeste.

mapa de altura das ondas domingo 06/06  mapa de período terça 08/06

No domingo (dia 06/06), a área geradora de ondulações no oceano mostra que na frente da Bahia terá uma grande área do oceano gerando uma ondulação. Na terça-feira (08/06), podemos ver um pulso de leste-sudeste com baixo período chegando no litoral.

Se liga nas condições de cada estado:

Rio Grande do Sul

A ondulação subiu ontem (quinta-feira, 03/06) no estado gaúcho. O mar chegou a 2,2m com 12 segundos de período de sul no pico no fim do dia. A partir de hoje (sexta-feira, 04/06), o mar começa a perder um pouco de força de manhã, com o enfraquecimento da ondulação de sul, mas à tarde, com a chegada de uma outra ondulação de leste-nordeste, ele reage novamente. O problema é que essa ondulação chega com ventos de nordeste que podem atrapalhar o surf ao longo de todo o dia.

No sábado (04/06), a ondulação de leste-nordeste aumenta sua influência e passa a ser a ondulação predominante, ficando assim ao longo de todo final de semana. No domingo, as ondas fecham o dia com 1,4m e 8 segundos de período e devem ter boas ondas devido ao vento que sopra de sudoeste - terral em algumas praias -  e ajudará a formação das ondas.

No início da semana que vem o mar ganha força novamente com a chegada de mais ondas vindas de sul e de leste, fazendo o mar ficar por volta dos 2m de altura entre segunda-feira (07/06) e terça-feira (08/06). O problema é que dessa vez o vento de nordeste será muito intenso ao longo dos dois dias e devem deixar as condições bem difíceis, sendo necessário procurar os picos que se protegem bem desse vento.

grafico de altura das ondas xangrila jun/21

Gráfico de altura das ondas para Xangri-lá - RS

grafico de vento jun/21

Gráfico de vento para Xangri-lá - RS

Santa Catarina

Em SC, o mar subiu ao longo de quinta-feira (03/06) e no início de sexta-feira, hoje (04/06), chega a 1,6m com 13 segundos de período vindos de sul. Na quinta-feira, o vento de sudoeste foi predominante, mas à tarde começou a virar para noroeste e ajudou a formação em alguns locais. 

No fim de semana o mar manterá o seu tamanho, mas a ondulação de sul perde força e dá lugar a uma ondulação de leste-nordeste, assim como no RS. No sábado (05/06), a ondulação de sul ainda será predominante com uma boa influência de leste-nordeste, com 1,3m e 11 segundos de período. Já no domingo (06/06), o tamanho fica parecido, mas como as vagas de leste-nordeste tem 8 segundos de período, o mar deve ficar um pouco mais balançado. O vento deverá ser noroeste pela manhã de sábado, favorecendo o surf, mas no domingo virá de sul-sudeste e atrapalhará bastante. 

No início da próxima semana, o mar reage novamente com um pulso de leste-sudeste e chega a 2m com 9 segundos de período. Entre segunda-feira (07/06) e terça-feira (08/06), deveremos ter boas condições de ondas nas praias que recebem bem essa ondulação de leste-sudeste, principalmente na terça-feira com o vento virando para noroeste.

mapa de periodo e espectral para Florida-SC

Mapa de periodo e espectral para Floripa-SC dia 04/06

Paraná

Chegando ao litoral paranaense, a ondulação de sul-sudeste começa a fazer efeito a partir de sexta-feira (04/06), quando o mar chega a 0,8m com 11 segundos de período. A boa notícia é que o mar irá continuar subindo pelo fim de semana e início da semana que vem.

No sábado (05/06), as vagas de leste com 1,2m e 6 segundos de período chegam ao litoral e se tornam a ondulação predominante. Já no domingo (06/06), um novo pulso vindo de sul-sudeste fortalece as condições que chegam a 1,2m com 10 segundos de período. O vento será noroeste quase todo o fim de semana, virando no meio do dia de domingo para um sul intenso, então é bom ficar ligado para fazer a cabeça antes do vento entrar.

Já na segunda-feira (07/06) o mar ganha ainda mais força de sul-sudeste e chega a 1,5m com 8 segundos de período no fim do dia, atingindo o ápice na terça-feira (08/06) com 1,6m e 8 segundos de período. Com isso, ainda esperamos boas ondas, especialmente na terça-feira, já que o vento de noroeste volta a soprar a partir da tarde.

grafico de altura das ondas matinhos-pr

Gráfico de altura das ondas para Matinhos-PR

grafico de vento pra matinhos

Gráfico de vento para Matinhos-PR

São Paulo

Em SP, a ondulação de sul só começa a fazer efeito a partir de sexta-feira (04/06) e faz o mar subir rapidamente, chegando a 1,9m com 14 segundos de período. Sábado (05/06) o mar amanhece com uma condição similar e vai perdendo força ao longo do dia. No domingo (06/06), ele amanhece com 1,6m e vai descendo até 1,2m com 9 segundos de período mantendo boas condições de surf. O vento também não deverá ser problema, pois ficará com baixa intensidade ao longo de todos os dias do feriado. O destaque vai para sexta-feira com o vento nordeste e domingo de manhã com vento noroeste, soprando terral em determinados picos.

Na próxima semana o litoral paulista começa com as ondas ganhando força novamente e chegando a 1,2m e 10 segundos de período na segunda-feira (07/06) e segue com vento fraco-moderado ao longo de todo o dia. Na terça-feira (08/06), o mar segue subindo e chega à 2m no fim da tarde com 10 segundos de período. O vento pode atrapalhar um pouco a formação ao longo do dia já que ele virá de sul.

mapa de período e espectral de ubatuba

Mapa de período e espectral de Ubatuba-SP, dia 04/06

Rio de Janeiro

Assim como em São Paulo, no RJ a ondulação só chega de sudoeste na sexta-feira (04/06) e faz o mar subir rapidamente, chegando 2,2m com 15 segundos de período. Já no sábado (05/06), o mar perde força lentamente e fica entre 2m de manhã e 1,6m no fim do dia com 11 segundos de período vindos de sul. No domingo (06/06), o mar segue perdendo força e a ondulação roda para sudeste, favorecendo picos diferentes dos dias anteriores. Vale destacar que ao longo dos três dias teremos terral pela parte da manhã (vento do quadrante norte), tirando o fim de domingo que a previsão indica a entrada de um sudoeste moderado.

Na segunda-feira (07/06), a ondulação vira para leste-sudeste e fica estabilizada em 1,2m com 11 segundos de período. Devido ao vento do quadrante oeste ao longo do dia (oeste de manhã, noroeste no meio do dia e sudoeste no fim do dia), podemos ter um dia de boas ondas em praias viradas para leste com a ondulação chegando de frente e o terral ajudando na formação, como em Arraial do Cabo.

Na terça-feira (08/06), o mar ganha ainda mais força com a chegada de um novo pulso de sul, fazendo mar subir para 2m e 9 segundos de período no fim do dia. O vento seguirá sem ser um fator muito importante devido à sua baixa intensidade durante o dia, mas o terral de manhã vindo de noroeste e depois de nordeste pode ajudar ainda mais as condições.

grafc=ico de altura adas ondas pra rj

Gráfico de altura das ondas para Rio de Janeiro-RJ

grafico de vento para rj

Gráfico de vento para Rio de Janeiro-RJ

Espírito Santo

No ES, a influência de sul encosta apenas no sábado (05/06), fazendo o mar subir para 1,6m com 9 segundos de período. Mesmo sem subir muito, esperamos boas condições pelos dias seguintes com a estabilização da ondulação. No domingo, o mar fica de leste-sudeste com 10 segundos de período e 1,8m de altura. O vento pode atrapalhar mais no sábado, quando passa o dia inteiro de sudeste, porém no domingo ele sopra de sudoeste de manhã e nordeste à tarde. 

Chegando à segunda-feira (07/06), teremos um dia com boas ondas e vento mais favorável ainda, de noroeste. Com 1,6m de leste-sudeste e ainda 10 segundos de período, podemos ter bons tubos pela costa. Já na terça-feira (08/06), o mar perde um pouco mais de força, ficando com 1,4m e 9 segundos de período. De manhã ainda devemos ter ótimas condições como vento de noroeste.

mapa de período e espectral para Linhares-ES dia 05/06

Mapa de período e espectral para Linhares-ES dia 05/06

Bahia

Chegando ao Nordeste, podemos perceber como a influência de sul será menor, pois o swell passará por fora. Em compensação, a ondulação de leste-sudeste será muito mais forte nessa área do país. Na BA, por exemplo, o mar sobe na sexta-feira (04/06) com vagas de leste-sudeste de 1,9m e 9 segundos de período. No sábado (05/06) o período ainda diminui para 7 segundos antes de subir novamente e segura o mar com 2m e 8 segundos no fim do dia de leste-sudeste. Domingo (06/06) será o maior dia de ondulação, com 2,1m e 8 segundos. O problema é que durante os três dias teremos vento forte de sudeste que pode atrapalhar a formação na maioria dos picos baianos. 

Na segunda-feira (07/06), o mar começa a descer lentamente ao longo do dia e continua assim até o fim de quarta-feira (09/06), saindo de 2m para 1,4m com 9 segundos de período, de leste-sudeste. O vento dá uma amenizada, mas continua soprando de sudeste predominantemente. Com exceção de terça-feira, quando a previsão indica que teremos um momento com o vento norte no meio do dia.

grafico de altura das ondas para salvador

Gráfico de altura das ondas para Salvador-BA

grafico de vento para salvador

Gráfico de vento para Salvador-BA

Sergipe

Mais ao norte, no SE, teremos condições parecidas com as baianas. O mar começa a subir na sexta-feira (04/06) com vagas de 1,7m e 9 segundos de período e no sábado (05/06) ele sobe ainda mais para 2,1m com 8 segundos de período, sempre de leste-sudeste. No domingo (06/06),  o mar fica estável o dia todo e deve manter as boas condições de surf dos dias anteriores. O problema é o vento sudeste que vai soprar ao longo de todo o dia.

Já a semana que vem se inicia com o mar perdendo tamanho na segunda-feira (07/06), porém com o período subindo para 10 segundos podendo ter ainda boas ondas, assim como na terça-feira (08/06), quando o mar desce para 1,7m e 10 segundos de período. De novo o vento pode ser um fator prejudicial, mas será menos intenso que no fim de semana.

mapa espectral e de periodo para Aracaju

Mapa de período e espectral para Aracaju-SE dia 06/06

Alagoas

Em AL, a expectativa pelas ondas é melhor ainda que nos outros dois estados anteriores devido ao vento que será mais brando. A ondulação também sobe na sexta-feira (04/06), mas como o mar já tem um tamanho, sobe pouco: sai de 1,5m para 1,8m. No sábado (05/06), as ondas ficam maiores, chegando a 2,1m, sempre de leste-sudeste. Domingo (03/06) o mar fica bem estável em relação ao dia anterior, apenas com o período chegando a 11 segundos. O vento ao longo desses dias se manterá suave, principalmente de manhã, soprando de noroeste. À tarde, a previsão indica que entre um vento sudeste moderado e não deixe as condições tão boas.

Virando a semana, esperamos que o mar siga de leste-sudeste na casa dos 2m com 10 segundos de período e perdendo força muito lentamente ao longo dos dias seguintes. Na terça-feira ainda teremos ondas acima de 1,5m e 9 segundos de período chegando à costa. O vento será similar ao do fim de semana, sendo noroeste de manhã e sudeste à tarde.

GRAFICO DE ALTURA DAS ONDAS PARA MACEIO

Gráfico de altura da ondas para Maceió-AL

grafico de vento para maceio

Gráfico de vento para Maceió-AL

Pernambuco

O último estado do nordeste a ser analisado é PE e terá condições parecidas de ondulação em relação a Sergipe. O mar sobe na sexta-feira (04/06), chegando a 1,9m com 9 segundos de período e fica estável no fim de semana. Sábado (05/06) e domingo (06/06) o mar fica com 2m e 11 segundos de período em média, com o pico da ondulação no fim do domingo. O vento pode atrapalhar ao longo de todos os dias, vindo de sudeste acima dos 10 nós.

As ondas não devem mudar muito na semana que vem, ficando com 2m praticamente na segunda -feira (07/06) e terça-feira (08/06), descendo ao longo dos dois dias. O período também desce de 10 segundos para 9 segundos entre os dias, mas o vento seguirá soprando de sudeste acima dos 10 nós e pode atrapalhar a formação das ondas.

grafico de altura das ondas para recife

Gráfico de altura das ondas para Recife-PE

grafico de vento para recife

Gráfico de vento para Recife-PE

Fernando de Noronha

Em Noronha a situação é um pouco diferente porque a última ondulação de sul-sudoeste ainda está exercendo influência no arquipélago. Sexta-feira (04/06) a previsão indica que teremos um swell refratário capaz de gerar boas ondas na Quixabinha, principalmente porque o vento virou na quinta-feira (05/06) e soprou terral.

No fim de semana a expectativa não é tão boa porque a ondulação de sul perderá força e não temos uma ondulação de norte forte chegando. Porém, na segunda-feira (07/06) e terça-feira (08/06) devemos ter boas ondas novamente na Quixabinha devido ao swell refratário de sul que chega com 1m e 14 segundos de período. O vento pode atrapalhar um pouco se entrar muito de leste, então vale aquela atenção.

mapa espectral e de periodo para Noronh

Mapa de período e espectral para Fernando de Noronha dia 07/06

Sempre é bom lembrar que a previsão sofre alterações diariamente, então permaneça ligado no nosso site para checar qualquer mudança.

Para seguir acompanhando a evolução das ondulações, acesse surfguru.com.br e assine o SurfguruPRO para ter acesso à previsão de 15 dias e outros benefícios exclusivos.

Boa semana para todos e que você pegue altas ondas com a gente! 

Mahalo!

Comentários

Galerias | Mais Galerias